30/11/2012 12:00 am

Egito aprova projeto de Constituição

Egito aprova projeto de Constituição

 

O projeto de Constituição egípcia passou seu maior obstáculo e será submetido à aprovação presidencial, já assegurada, sem que os opositores reunidos no centro desta capital tenham abandonado sua impugnação.

Depois de quase um dia completo de debates, a Assembleia Constituinte (AC) aprovou o texto, que deverá ser submetido a referendo e, uma vez adotado, dará lugar à convocação de eleições para a Assembleia Popular, no Senado

 

O processo de aprovação terminou horas antes de um protesto geral convocado por partidos laicos e de esquerda contra o texto fundamental, que qualificam de islamizador.

 

Uma impugnação do projeto, ou do órgão redator, estão descartadas depois do presidente Mohamed Morsi ter emitido na semana passada uma Declaração Constitucional que lhe dá poderes excepcionais e faz com que suas decisões sejam impugnáveis, causa principal dos protestos populares que há mais de uma semana sacodem este país.

 

Os enfrentamentos na AC, da qual dezenas de delegados se retiraram em protesto devido ao que qualificam de “imposições” de seus homólogos islâmicos, datam do começo dos debates e causaram uma crise dias atrás.

 

A situação se complicou ainda mais depois que o mandatário egípcio emitiu a Declaração Constitucional e os opositores decidiram acampar na praça Tahrir para obrigá-lo a se retificar.

 

Violentos confrontos entre manifestantes e policiais e entre os partidários de ambas tendências causaram a morte de quatro pessoas e deixaram feridas quase 150, segundo relatórios.De todas perspectivas, a aprovação do texto não é o fim da história, cuja decisão pode se dar nas ruas quando os partidários e opositores ao projeto se unam às manifestações para apoiar ou impugnar o mandatário, que conta com o apoio da Irmandade Muçulmana, a mais poderosa força política egípcia da atualidade.

 

Fonte: Prensa Latina

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=200158&id_secao=9

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br