24/08/2012 12:00 am

Docentes protocolam contraproposta no Palácio do Planalto

Docentes protocolam contraproposta no Palácio do Planalto

 

Professores das universidades federais em greve há mais de três meses foram recebidos na manhã desta sexta-feira (24) no Palácio do Planalto, por funcionários da Secretaria-Geral da Presidência da República. O grupo protocolou uma contraproposta da categoria e, com isso, esperam reabrir a mesa de negociação, paralisada desde o dia 3 de agosto.

 

 

Na ocasião, o governo assinou acordo com o Sindicatos de Professores de Instituições Federais de Ensino Superior (Proifes-Federação), entidade que representa parte dos docentes. Mas, o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN) e o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe) , que representam a maioria dos professores, não aceitaram a proposta de reajuste de 20% a 45% (a mesma fechada com o Proifes-Federação).

 

Ontem (23), a presidenta do Andes-SN, Marinalva de Oliveira, também esteve no Ministério do Planejamento para protocolar a contraproposta e informou, na ocasião, que a categoria abre mão de aumento e dá preferência à reestruturação da carreira.

 

Marinalva de Oliveira explicou que o documento pede que, a cada degrau de progressão, os professores tenham ajuste de 4% – anteriormente, o percentual desejado era 5%.

 

De acordo com o MEC, entretanto, a proposta da entidade prevê um investimento superior a R$ 10 bilhões, quando a proposta acordada com o Proifes indica o investimento de R$ 4,2 bilhões até 2015.

 

Na quinta-feira (23), o Proifes criticou a contraproposta feita pelo Andes-SN para encerrar a greve dos docentes das universidades federais, afirmando que é pior porque não valoriza a titulação do profissional e pode prejudicar a progressão na carreira. Além disso, custará mais do que a proposta que já foi firmada com o governo e consta no projeto de LOA (Lei de Orçamento Anual), que será encaminhado ao Congresso Nacional. A contraproposta do Andes-SN já foi negada pelo governo, que reafirmou que as negociações estão encerradas.

 

Com Agência Brasil

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=192074&id_secao=8

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br