10/10/2011 12:00 am

Dilma cumprimenta ativistas africanas por Nobel da Paz

A presidente Dilma Rousseff divulgou neste sábado (8) nota cumprimentando as ativistas africanas, ganhadoras do Prêmio Nobel da Paz 2011. Dilma diz ter recebido com “grande satisfação” a notícia da escolha das três mulheres para compartilhar o prêmio e citou as realizações de cada uma.


As vencedoras que compartilham o prêmio são a presidente da Libéria, Ellen Johnson-Sirleaf, a ativista Leymah Gbowee e a jornalista e ativista iemenita Tawakkul Karman. A decisão foi anunciada ontem (7) pelo Comitê Norueguês do Nobel, em Oslo.

Johnson-Sirleaf e Gbowee foram escolhidas por mobilizarem mulheres liberianas contra a guerra civil no país, enquanto Karman foi premiada por sua luta pelos direitos das mulheres e pela democracia no Iêmen.

Na nota, a presidente Dilma destaca características da atuação das premiadas como a luta pela promoção da paz, da democracia e dos direitos da mulheres.

Ao anunciar as premiadas, o Comitê Norueguês do Nobel disse que a esperança é que a escolha faça com que as três mulheres “ajudem a pôr um fim à repressão às mulheres existente em muitos países e a perceber o grande potencial para a democracia e a paz que as mulheres representam”.

Dia de turista

Sem compromissos oficiais, a presidente passou o dia visitando alguns dos principais pontos turísticos da cidade turca de Istambul. A volta para Brasília está agendada para a noite deste sábado.

Istambul foi a última parada de Dilma no giro que fez pela Europa esta semana, depois de passagens por Bruxelas, na Bélgica, Sofia, Veliko Tarnovo e Gabrovo, na Bulgária, e Ancara, na Turquia.

Originalmente, o planejado era que Dilma visitaria Istambul no sábado e em parte do domingo. No entanto, a volta foi antecipada, já que o único compromisso de Estado – um café da manhã com o premiê Recep Tayyip Erdogan – foi cancelado devido à morte da mãe do político.

Na noite de sexta-feira (7), ao chegar de Ancara, Dilma foi à casa de Erdogan para manifestar condolências ao premiê. Depois disso, a presidente e sua comitiva, formada por diversos assessores, pelos ministros da Defesa, Celso Amorim, das Relações Exteriores, Antonio Patriota, da Comunicação Social, Helena Chagas, e pelo assessor especial Marco Aurélio Garcia, tiveram quase 24 horas de folga.

Na sexta, o grupo jantou em um restaurante. No sábado de manhã, a presidente e comitiva fizeram um passeio turístico pelo Estreito do Bósforo. À tarde, ela passou a maior parte do tempo no bairro de Sultanahmet, que concentra as principais atrações turísticas de Istambul, como a Basílica de Santa Sofia, a Mesquita Azul e o Mercado Kapali Çarsi, conhecido por ser um dos maiores bazares cobertos do mundo.

Com informações da Agência Brasil

FONTE:http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=165936&id_secao=1

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br