30/08/2012 12:00 am

Desemprego cresce pelo 5º mês consecutivo na Alemanha

 Desemprego cresce pelo 5º mês consecutivo na Alemanha

 

Pelo quinto mês consecutivo, o número de desempregados subiu em agosto na Alemanha, somando-se a uma série de dados preocupantes sobre a situação dessa economia, informou hoje o Escritório Federal de Emprego.

 

A alta foi de 29 mil, atingindo os 2,9 milhões de pessoas sem trabalho. Embora a taxa de desemprego tenha se mantido em 6,8 por cento, os dados evidenciam os efeitos da crise na até então chamada “locomotiva” europeia.

 

O aumento do desemprego diminui o entusiasmo entre os alemães e prejudica o consumo pessoal, segundo especialistas.

 

Dados divulgados mostraram que o Produto Interno Bruto (PIB) caiu 0,3 por cento no segundo semestre do ano, em um meio caracterizado pela diminuição dos investimentos diante do temor pela crise de dívida na Zona do Euro.

 

Além disso, alguns analistas prognosticam uma redução do PIB para o terceiro trimestre e até uma possível recessão na segunda metade de 2012.

 

Por sua vez, o Banco Central da Alemanha, Bundesbank, reconheceu recentemente que a economia dessa nação é golpeada pela baixa demanda dos membros da zona do euro.

 

As perspectivas para as empresas pioraram nos últimos meses e diminuíram as contratações por causa da contração da economia, agregou.

 

Fonte: Prensa Latina

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=192535&id_secao=2

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br