18/11/2010 12:00 am

DESCENDENTES DE ESCRAVOS AFRICANOS DO BRASIL REGRESSAM ÀS ORIGENS 500 ANOS DEPOIS

DESCENDENTES DE ESCRAVOS AFRICANOS DO BRASIL REGRESSAM ÀS ORIGENS 500 ANOS DEPOIS 

Bissau –  Um grupo de quilombolas do Maranhão, Brasil, descendentes de escravos africanos, chegam hoje à Guiné-Bissau para conhecerem e sentirem de perto as suas origens culturais e sociais.   
  
   

A visita está inserida no festival “O percurso dos Quilombos: de África para o Brasil e o regresso às origens”, organizado pelo Instituto Marquês de Valle Flor em conjunto com três parceiros internacionais do Brasil, Cabo Verde e Guiné-Bissau.  
  
   

O festival começa hoje (quinta-feira) e decorre até dia 25 e os quilombolas vão poder participar numa série de iniciativas culturais na cidade guineense de Cacheu, de onde saíram a maior parte dos africanos que foram servir de mão-de-obra escrava no Brasil.  
  
   

“Esta acção visa apoiar a capacitação das Associações Culturais Quilombolas, promover o legado cultural Quilombola e sensibilizar para a contribuição da cultura Quilombola para a diversidade cultural mundial”, refere o Instituto Marquês de Valle Flor, em comunicado enviado à imprensa.   
  
   

Os quilombolas são descendentes dos escravos africanos no Brasil, e, segundo o Instituto Marquês de Valle Flor, estão entre as comunidades mais vulneráveis e marginalizadas da sociedade brasileira.  
  
   

Os quilombolas são descendentes dos residentes dos Quilombos, locais onde os escravos estabeleciam as suas zonas libertadas e se defendiam de quem os perseguia quando fugiam das senzalas.  
  
   

A escravatura foi abolida em 1850 e 500 anos depois os descendentes dos escravos regressam à sua terra de origem para testemunharem as suas raízes culturais.  
  
   

“O contacto com as origens irá unir o passado e o presente desta cultura, contribuindo para um futuro mais digno, para a defesa dos Direitos Humanos e promoção e afirmação da identidade Quilombola a nível Internacional”, afirmou Ahmed Zaky, diretor do Instituto Marquês de Valle Flôr.  

FONTE: http://www.portalangop.co.ao/motix/pt_pt/noticias/africa/2010/10/46/Descendentes-escravos-africanos-Brasil-regressam-origens-500-anos-depois,4b37e232-f033-4299-9527-2dd2139d73dd.html

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br