14/07/2010 12:00 am

DENÚNCIA: DEMANDA AMERICANA POR MADEIRA AMEAÇA TRIBOS ISOLADAS NO PERU

DENÚNCIA: DEMANDA AMERICANA POR MADEIRA AMEAÇA TRIBOS ISOLADAS NO PERU

 

Madeireiros ilegais de mogno estão saqueando terras detribos isoladas localizadas nas profundezas da Amazônia peruana, segundo um novo relatório da Upper Amazon Conservancy (UAC).

O relatório aponta que as atividades madeireiras “fornecem evidências de que o Peru está falhando em manter as obrigações ambientais e florestais estabelecidas em seu Acordo de Livre Comércio (TLC) de 2009 com os Estados Unidos ‘pois, ‘mais de 80% do mogno do Peru (é) exportado para os Estados Unidos. O relatório da UAC foi lançado apenas um mês após a viagem da Secretária de Estado americana, Hillary Clinton, ao Peru quando encontrou com o presidente Alan Garcia e afirmou: ‘Os Estados Unidos e o Peru estão trabalhando juntos para proteger o meio ambiente’.


O relatório também revela como os madeireiros estão levando as autoridades peruanas e americanas a crerem que o mogno foi obtido legalmente. A exploração de madeira ‘continuará até que o governo americano rejeite unilateralmente o mogno peruano questionável’, diz o documento.

O relatório da UAC inclui fotos de um campo de exploração de madeira e corte de mogno na Reserva Murunahua, que supostamente é destinada para uso exclusivo das tribos isoladas, no sudeste do Peru. Ele diz que a exploração de madeira é ‘generalizada’ na reserva, e que ‘uma grande rede de estradas para a exploração de madeira’ é utilizada por ‘mais de uma dúzia de tratores’, ligando a reserva a um afluente importante da Amazônia.

As tribos isoladas na reserva ‘não apresentam imunidades contra doenças trazidas por pessoas de fora e estão ameaçadas por qualquer tipo de contato’, diz o relatório. Ele também apresenta que as atividades madeireiras violam a ‘Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies Ameaçadas (Convention on International Trade in Endangered Species- CITES), que visa proteger o mogno.

Empresas de exploração de petróleo e gás recentement foramimpedidas de operar na Reserva Murunahua devido às ameaças que suas atividades trazem às tribos isoladas que lá vivem.

O diretor da Survival International, Stephen Corry, disse hoje: ‘Seria uma tragédia para os cidadãos americanos continuarem a comprar mogno peruano se isso coloca a sobrevivência de tribos isoladas em risco’.

Baixar o relatório (em inglês ou em espanhol).

Leia sobre esta historia na página Survival na internet (em espanhol):
http://www.survival.es/noticias/6206

* Denúncia enviada pela Survival International para o EcoDebate, 14/07/2010

FONTE: http://www.ecodebate.com.br/2010/07/14/denuncia-demanda-americana-por-madeira-ameaca-tribos-isoladas-no-peru/

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br