2/05/2012 12:00 am

CUT promove 1º de Maio em diversas regiões do país

CUT promove 1º de Maio em diversas regiões do país

 

“Diversidade no Brasil e no Mundo, Um Olhar de Cinco Jeitos”. Esse é o tema da festa da Central Única dos Trabalhadores (CUT) em São Paulo, para comemorar o 1º de Maio. O objetivo é valorizar a política, a cultura e a história das cinco regiões do país. Desde a segunda-feira (30) a central realiza uma série de eventos com ato político, manifestações culturais e feira gastronômica, no Vale do Anhangabaú.

 

 

Entre as atrações estão Leci Brandão, Arlindo Cruz, Belo, Grupo Bom Gosto, Pixote, Paula Fernandes e Elba Ramalho.

 

ABC

 

O 1° de Maio no ABC paulista terá ato político e dez horas de apresentações musicais. Será a primeira vez que sindicatos não filiados à CUT organizam, em conjunto, um evento no Paço Municipal de São Bernardo, palco histórico de manifestações de trabalhadores, que reuniu mais de 90 mil pessoas no Dia do Trabalhador, em 2011.

 

Sob o tema “Em Defesa do Emprego e da Produção Nacional”, o evento é realizado também pela Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo (FEM); Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM); Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e outras 17 entidades sindicais.

O ato político está marcado para o final da tarde, por volta das 18h30. Antes, cerca de 30 bandas e duplas se apresentarão ao público como Luan Santana; Paula Fernandes, Zezé di Carmargo&Luciano; Leonardo, Eduardo Costa; KLB, Gian&Giovani, João Bosco&Vinicius. A dupla Bruno&Marrone fará o encerramento, após o ato político.

 

A CUT promove atos durante todo o dia nas cidades de Itu e Taubaté. Em Sergipe, a Central fez uma marcha durante o período da manhã em defesa das pautas da classe trabalhadora, com saída da Praça dos Expedicionários, próxima à antiga estação ferroviária de Aracaju, no bairro Siqueira Campos. Além dos sindicatos filiados, professores da rede pública estadual, em greve desde o dia 16, em luta pelo pagamento do piso salarial nacional, militantes do MST, MOTU e do Levante da Juventude Popular, participam das comemorações do Dia do Trabalho.

 

Entre as reivindicações a serem levadas às ruas neste ano, está o combate à corrupção, o direito à verdade e à justiça, com a abertura dos arquivos da Ditadura Civil-Militar de 64 a 85 e a instalação da Comissão da Verdade, que investigará os crimes de tortura e assassinatos políticos ocorridos nesse período.

 

Confira a programação completa em São Paulo no site: www.1demaiocut2012.com.br

 

Da redação com informações da CUT

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=182100&id_secao=8

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br