4/11/2011 12:00 am

Cúpula do G20 termina hoje em meio a grave crise econômica

Cúpula do G20 termina hoje em meio a grave crise econômica

A Cúpula do G20 termina nesta sexta-feira (4) em Cannes marcada pela crise grega, a baixa expectativa de crescimento para os países industrializados e a ausência de acordos sobre temas de interesse mundial.


O tema grego alterou a agenda desde o primeiro momento pelo anúncio de Atenas de submeter a referendo o plano de resgate imposto pela União Europeia, que impõe ao o povo novos e grandes sacrifícios e compromete a soberania nacional.

As intensas pressões da União Europeia, sobretudo da Alemanha e França, obrigaram o primeiro-ministro Georges Papandreu a suspender o referendo. Seu mandato está por um fio e é provável a sua renúncia.

Nesta sexta-feira, os chefes de Estado e de governo retomam seu programa de trabalho, em meio a um sombrio panorama quanto às possibilidades de crescimento econômico a curto prazo.

As perspectivas para 2012 indicam que a União Europeia em seu conjunto obterá um crescimento de apenas 1,4%. O dos Estados Unidos ficará em torno de 1,8% e o do Canadá 1,9%.

Já os países emergentes ainda contam com um panorama mais otimista, encabeçados pela China, cujo crescimento será de 9%, a Índia, com 7,5%, a Argentina com 4,6%. Rússia e Brasil têm crescimento estimado em 4% e 3,6%, respectivamente, segundo projeções do Fundo Monetário Internacional (FMI). 

O comunicado conjunto será emitido à tarde, mas já se sabe que questões como os montantes da ajuda ao desenolvimento nos países pobres, a prática de um comércio mais justo e equitativo e a reestruturação do sistema financeiro mundial praticamente ficarão à margem.

Da Redação, com agências

FONTE: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=167876&id_secao=9

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br