22/06/2012 12:00 am

Cuba: Eliminar pobreza compete à comunidade internacional

Cuba: Eliminar pobreza compete à comunidade internacional

 

A solução aos problemas dos países pobres é uma questão que diz respeito a toda a comunidade internacional, afirmou hoje o delegado cubano Yusnier Romero, durante a vigésima sessão do Conselho de Direitos Humanos.

 

Em um diálogo com a relatora especial sobre a extrema pobreza, Romero chamou a aprofundar a visão integradora do desenvolvimento sustentável, a solidariedade, a paz e a realização efetiva da cooperação mundial. Todas elas constituem questões básicas para avançar na erradicação da pobreza.

 

Romero recordou que muitos dos países com um alto nível econômico se beneficiaram durante anos da exploração e a expoliação dos recursos de suas antigas colônias, as quais agora fazem parte do chamado mundo em desenvolvimento.

 

“Portanto não se trata de uma questão de caridade, senão de uma obrigação histórica, instrumentada, entre outros, no até hoje pouco cumprido compromisso de destinar 0,7% do Produto Interno Bruto dos países industrializados à ajuda oficial ao desenvolvimento”, expressou Romero .

 

“Honrar esta obrigação contribuiria de maneira direta ao objetivo de reduzir a pobreza, um tema de total atualidade que não deve ser eludir”, assegurou o delegado cubano.

 

Romero considerou como matérias pendentes a eliminação das medidas coercitivas unilaterais, a transferência de tecnologias e o alívio ou a cancelamento da dívida externa a favor dos países mais pobres.

 

Fonte: Prensa Latina

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=186598&id_secao=9

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br