7/10/2011 12:00 am

Correios marcham em Salvador e bancários fazem balanço positivo

Os trabalhadores das empresas dos Correios encerraram no final da tarde de hoje (6) uma passeata pelas ruas do centro de Salvador (BA). Segundo o sindicado dos Bancários do estado, que deu apoio à atividade, cerca de 500 pessoas participaram da marcha.

“O movimento grevista está muito forte. Tanto nós (bancários) quanto outras categorias, como os trabalhadores dos Correios estamos empenhados na conquistas de nossos direitos. Para nós, é a maior paralisação dos últimos anos”, declarou ao Vermelho o presidente da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe, Emanoel Souza de Jesus.

Ele contabiliza que nos dois estados, que somam mil agências bancárias, 827 aderiram à greve. “Hoje, no 10º dia da paralisação temos mais agências que estão aderindo. É muito mais que em 2006, quando somamos 690 agências no 12º dia de greve”, comemorou Emanoel.
O dirigente sindical criticou a postura das instituições financeiras, de não negociar as reivindicações. Os bancários exigem 12,8% e os patrões oferecem 8%, o que equivale 0,56% de aumento real, segundo avaliação de Emanoel.

Sergipe

O Sindicato dos Bancários de Sergipe participou hoje de audiência no Ministério Público do Trabalho (MPT) sobre o Concurso do Banco do Estado de Sergipe – Banese. Por causa da carência de bancários no banco, em decorrência da saída de mais de 300 pessoas nos últimos quatro anos, o presidente do Sindicato, José Souza, apresentou denúncia para cobrar a realização de concurso público no banco.

Durante a audiência, o procurador do Trabalho Emerson Albuquerque Resende determinou a realização de concurso até o mês de janeiro. Além disso, o banco deve apresentar a cópia da publicação do edital até o dia 31 de outubro.

“No Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2011/2012, que ainda está em discussão, consta uma cláusula que faz referência à obrigatoriedade de o Banese fazer concurso e a obrigação de convocar os aprovados em até 15 dias após a divulgação dos resultados. Pela necessidade de mais pessoal no Banese, é imprescindível constar no edital o número real de vagas e não apenas cadastro de reservas ou poucas vagas”, cobrou Souza.

Amanhã (7), a partir das 8 horas, os bancários realizam a 3ª Lavagem do Banese Central para manifestar a insatisfação dos bancários com relação à proposta apresentada pelo Banco do Estado de Sergipe, e que foi rejeitada pelos baneseanos, em assembleia realizada na quarta-feira (4).

da Redação do Vermelho

FONTE:http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=165810&id_secao=8

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br