25/11/2010 12:00 am

CORPO DE BOMBEIROS REFORÇA GRUPO QUE AGE EM OPERAÇÕES DE ALTO RICOS

CORPO DE BOMBEIROS REFORÇA GRUPO QUE AGE EM OPERAÇÕES DE ALTO RICOS

O Grupo Águia do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão será reforçado com a entrada de mais 14 oficias e praças que concluirão o Curso de Salvamentos Especiais dia 10 de dezembro. Na próxima sexta-feira (26), os participantes do curso vão realizar uma simulação de resgate em galerias no Porto do Itaqui, como parte das atividades práticas do treinamento.

Com a qualificação dessa nova equipe o Corpo de Bombeiros vai estar mais bem preparado para enfrentar operações complexas e de alto risco que envolve todas as áreas de um resgate, como salvamento terrestre, aquático e aéreo, além de primeiros socorros.

Desde o ano passado, o Governo do Estado, por meio do comando geral do Corpo de Bombeiros, tem investido na estruturação do grupamento de busca e salvamento com o objetivo de montar uma tropa especializada de pronto-emprego para atuar em qualquer parte do Maranhão.

“Em qualquer lugar do Estado onde tiver uma ocorrência de alta complexidade o comando tem em mãos esses homens prontos para se deslocar, com a maior brevidade possível, e dar uma resposta à emergência”, destacou o coordenador do curso, major Wellington Reis.  

Os investimentos estão sendo feitos não somente em capacitação, mas também na compra de viaturas e equipamentos. O grupo conta com uma viatura e mais quatro já foram adquiridas e devem ser entregues ao Corpo de Bombeiros em janeiro. Atualmente o grupo é formado por 14 militares capacitados que fazem uma média de 100 operações mensais, segundo informou major.

Situação de risco

Ele contou que a qualificação iniciou com 27 alunos e está chegando ao fim somente com 14, por conta da forma rígida e intensa com que acontece o treinamento. “Durante o curso os participantes são submetidos a testes de extrema dificuldade, trabalhando intensivamente tanto a parte física, como a psicológica. Quem consegue concluir o curso está preparado para enfrentar qualquer situação de risco”, explicou Reis.

Os militares que participam do grupo Águia utilizam uniforme diferenciado na cor laranja, que é a cor universal de salvamento, por ser de fácil visualização. O grupo é deslocado para atender diversas ocorrências, tanto em apoio às unidades de combate a incêndio, de busca marítima, em apoio a atendimento hospitalar e acidentes automobilísticos, sendo esta última a que é registrada o maior número de ocorrência.

O comando geral do Corpo de Bombeiros tem buscado conhecimento onde tem de melhor no Brasil na área de salvamento. Os participantes do curso já estiveram em Brasília, onde durante uma semana participaram de curso de busca e resgate em estruturas colapsadas (ocorrências onde têm escombros, desmoronamento e soterramento) e em Maceió, onde se tem uma estrutura muito boa na parte de salvamento terrestre e resgate em ribanceira.

No município de Imperatriz também acontece um módulo do curso, o de salvamento aquático realizado durante uma semana, com operações em rios, que é diferente do mar onde os militares também participam de todas as práticas de resgate e salvamento com e sem equipamento, em São Luís. Ainda na região Sul do Maranhão são realizadas simulações de resgate em área de difícil acesso como cachoeiras e cavernas.   

“Por último, tivemos a oportunidade, semana passada, de conseguir junto ao Comando Militar da Amazônia, sediado em Manaus, que os participantes do curso fizessem um estágio de sobrevivência na selva. O curso foi realizado no Centro de Instrução de Guerra na Selva, que é o melhor e maior centro de instrução do mundo nesta área”, completou. Durante o curso os participantes receberam orientação não somente na parte de sobrevivência, mas como fazer busca de pessoas perdidas em matas. 

O curso realizado no Maranhão tem despertado o interesse de militares de outros estados a exemplo do Amapá e do Espírito Santo. “Outras corporações já sinalizaram o interesse de enviar militares para o Maranhão para que eles participem do curso no próximo ano”, contou Reis.

FONTE: http://www.ma.gov.br/agencia/noticia.php?Id=12954

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br