4/11/2010 12:00 am

COPA DO MUNDO DE 2014 PODE IMPULSIONAR MERCADO DE PRODUTOS ORGÂNICOS NO BRASIL

COPA DO MUNDO DE 2014 PODE IMPULSIONAR MERCADO DE PRODUTOS ORGÂNICOS NO BRASIL

Elaine Patricia Cruz
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – Uma Copa do Mundo orgânica e sustentável em 2014 para consolidar o Brasil na liderança global do meio ambiente e da sustentabilidade é a ideia que está sendo discutida nas feiras Biofach América Latina e Exposustentat, em São Paulo. A feira vai até amanhã (5) no Transamérica ExpoCenter.

Segundo Herminia Sica de Moraes, diretora de comunicação e projeto da IP Desenvolvimento Empresarial e Institucional – um dos três parceiros do projeto Copa Orgânica Sustentável -, o trabalho deve ser iniciado até o primeiro trimestre do próximo ano e a expectativa é que sirva para impulsionar o mercado de produtos orgânicos no Brasil. 

“Esperamos, com isso, impulsionar o mercado de orgânicos brasileiro, que hoje está na ordem de R$ 400 milhões. Esperamos dobrar isso até a Copa do Mundo”, afirmou Hermínia em entrevista à Agência Brasil. De acordo com ela, o projeto será implantado nas 12 cidades-sede da Copa.

De acordo com Arnoldo Anacleto de Campos, diretor de Geração de Renda e Agregação de Valor do Ministério do Desenvolvimento Agrário, a Copa do Mundo será uma “grande vitrine”, onde poderão ser exibidos produtos regionais tipicamente brasileiros, como sucos feitos de cupuaçu e açaí, bombons produzidos com castanha brasileira e até objetos decorativos do artesanato nacional, feitos com fibras naturais. Esses produtos poderão estar em bares, hotéis, restaurantes, em eventos e nos próprios estádios. 

“Pretendemos apresentar para o mundo uma produção diversificada, sustentável, amiga da natureza e responsável, do ponto de vista social, como um diferencial do Brasil”, disse Campos. 

Segundo dados da assessoria de imprensa das feiras, o mercado internacional de produtos orgânicos alcançou a marca de US$ 50 bilhões em 2008, puxado especialmente pelos Estados Unidos, que representam US$ 24,8 bilhões desse total.

Edição: Graça Adjuto

FONTE: http://agenciabrasil.ebc.com.br/ultimasnoticias?p_p_id=56&p_p_lifecycle=0&p_p_state=maximized&p_p_mode=view&p_p_col_id=column-1&p_p_col_count=1&_56_groupId=19523&_56_articleId=1094970

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br