1/10/2010 12:00 am

CONSELHO DE DIREITOS HUMANOS DAS NAÇÕES UNIDAS APOIA CORREA E REPUDIA PROTESTOS

CONSELHO DE DIREITOS HUMANOS DAS NAÇÕES UNIDAS APOIA CORREA E REPUDIA PROTESTOS

Renata Giraldi
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) divulgou hoje (1º) nota em apoio ao presidente do Equador, Rafael Correa, e repúdio às manifestações ocorridas ontem no país.

O presidente do conselho, Sihasak Phuangketkeow, disse que a organização defende a democracia, o respeito aos direitos humanos e às liberdades individuais. As informações são da agência de notícias das Nações Unidas.

“O Conselho de Direitos Humanos salienta que a democracia, o desenvolvimento e o respeito pelos direitos humanos e liberdades fundamentais são interdependentes e se reforçam mutuamente”, afirmou Phuangketkeow.

Os protestos que ocorreram ontem (30) geraram uma onda de violência na capital Quito e em várias cidades equatorianas. As manifestações foram comandadas pelos policiais que saíram às ruas e ocuparam os quartéis, com o objetivo de pressionar o governo.

Os manifestantes entraram em confronto com os simpatizantes do governo, o que provocou duas
mortes e vários feridos, segundo dados oficiais. O próprio presidente da República, que tinha ido até o local das manifestações foi agredido. Ferido, Correa foi levado ao hospital da polícia de onde só saiu depois 11 horas de isolamento.

A União das Nações Sul-Americanas (Unasul) convocou uma reunião de emergência. Chanceleres dos 12 países da organização estão reunidos na tarde de hoje, em Quito. A ideia, de acordo com ministros que participaram de uma sessão prévia da reunião, é mostrar a unidade da América do Sul em favor do governo de Correa.

Edição: Rivadavia Severo

FONTE: http://agenciabrasil.ebc.com.br/web/ebc-agencia-brasil/enviorss/-/journal_content/56/19523/1067704

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br