8/09/2010 12:00 am

CONGRESSO PRORROGA CPMI CONTRA REFORMA AGRÁRIA ATÉ JANEIRO

CONGRESSO PRORROGA CPMI CONTRA REFORMA AGRÁRIA ATÉ JANEIRO

Da Radioagência NP

O funcionamento da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (CPMI do MST) se estenderá até janeiro de 2011. O encerramento estava previsto para o último dia 17 julho, quando foi apresentado o relatório final que comprova a legalidade dos convênios firmados por entidades ligadas à reforma agrária.

Leia também
Frei Betto: Congresso absolve MST
“Onyx tirou nota zero na tentativa de prorrogar a CPMI”
Ruralistas, mesmo sem participar das sessões, querem prorrogar CPMI
“Ruralistas querem manter no ar a criminalização”
“Não identificamos um centavo de desvio de recurso público”, afirma relator da CPI

Em oito meses, foram realizadas 13 audiências públicas e analisadas as contas de cooperativas e associações de agricultores.

O relator da CPMI, deputado Jilmar Tatto (PT/SP), revelou que os parlamentares da bancada ruralista se recusaram a participar das sessões da CPMI. Na ocasião, eles anunciaram que colocariam em votação um relatório paralelo.

A prorrogação da CPMI foi aprovada nesta quarta-feira (1º) pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal.

A votação atendeu a um pedido do vice-presidente da CPMI, deputado Onxy Lorenzoni (DEM/RS). O requerimento foi apresentado no dia 14 de julho e contou com a assinatura de 176 deputados e 37 senadores.

 

FONTE: http://www.mst.org.br/node/10520

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br