11/12/2012 12:00 am

Congresso adia sessão e evita votação de veto dos royalties

Congresso adia sessão e evita votação de veto dos royalties

 

A sessão conjunta do Congresso Nacional marcada para esta terça-feira foi transferida para quarta-feira (12), conforme informação da Secretaria Geral da Mesa. Além de 48 projetos, a expectativa era de que fosse também incluído na pauta requerimento de urgência para apreciar vetos da presidenta Dilma ao projeto que redistribui os royalties.

 

Segundo a vice-presidente da Câmara, deputada Rose de Freitas (PMDB-ES), em entrevista à Agência Congresso, ela convenceu o presidente do Congresso, senador José Sarney (PMDB-AP) a adiar a sessão até que os ânimos entre os parlamentares estejam mais calmos.

Um grupo de parlamentares de estados não produtores, interessados na derrubada do veto, está recolhendo assinaturas para entrar com apresentação do pedido de urgência ainda nesta terça-feira (11). Para que o requerimento tenha condições de ser votado, é necessário o apoio formal de no mínimo 41 senadores e 257 deputados.

 

Se aprovado o pedido, o veto à lei dos royalties do petróleo passará à frente na fila dos mais de três mil vetos que aguardam apreciação do Congresso e, com isso, uma nova sessão conjunta para apreciação da matéria poderá ser convocada.

 

Da Redação em Brasília

Com agências

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=201024&id_secao=1

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br