2/06/2010 12:00 am

CONFERÊNCIA NACIONAL DA CLASSE TRABALHADORA

CONFERÊNCIA NACIONAL DA CLASSE TRABALHADORA
Mais de mil trabalhadores e trabalhadoras rurais participaram no dia 1º de junho, da Conferência Nacional da Classe Trabalhadora, um evento histórico do sindicalismo brasileiro organizado por cinco centrais sindicais, unidas em favor dos(as) trabalhadores(as).“Os trabalhadores e as trabalhadoras do campo e da cidade estão dando um exemplo de união para o mundo inteiro, de unicidade na luta por objetivos comuns, que beneficiam todos os trabalhadores e trabalhadoras”.

Mais de mil trabalhadores e trabalhadoras rurais participaram no dia 1º de junho, da Conferência Nacional da Classe Trabalhadora, um evento histórico do sindicalismo brasileiro organizado por cinco centrais sindicais, unidas em favor dos(as) trabalhadores(as).

O presidente da Contag, Alberto Broch, destacou que a unicidade das centrais na luta pelos(as) trabalhadores(as) urbanos(as) e rurais é fundamental. “Isso demonstra o amadurecimento político do movimento sindical brasileiro”, disse.

“Os trabalhadores e as trabalhadoras do campo e da cidade estão dando um exemplo de união para o mundo inteiro, de unicidade na luta por objetivos comuns, que beneficiam todos os trabalhadores e trabalhadoras”, disse Carmen Foro – secretária de Mulheres da Contag e Meio Ambiente da CUT, referindo-se ao conjunto de reivindicações aprovado pela assembleia.

A pauta da agricultura familiar e da reforma agrária foi reforçada no evento e, segundo o secretário de Política Agrária da Contag, Willian Clementino, essa ação fortalece a luta histórica do MSTTR. “A Reforma Agrária é necessária para o desenvolvimento do País e para a consolidação da agricultura familiar”, completou o sindicalista.

Na avaliação dos três dirigentes, este evento terá uma repercussão significativa nos rumos da política do Brasil. O objetivo do evento foi cumprido, agora, depois de aprovada em assembleia, a Agenda da Classe Trabalhadora reúne as propostas das centrais para um projeto nacional de desenvolvimento com soberania e valorização do trabalho.

Os dois pontos centrais do documento vêm ao encontro da luta permanente da Contag por um Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário. Organizaram o evento: Central Única dos Trabalhadores (CUT), Força Sindical, Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB), Nova Central Sindical dos Trabalhadores (NTSC) e Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGBT).

FONTE: http://www.cptnacional.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=263:conferencia-nacional-da-classe-trabalhadora&catid=14:acoes-dos-movimentos&Itemid=54

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br