22/12/2010 12:00 am

COMUNISTAS RUSSOS CONDENAM “BARBARISMO E VANDALISMO” NA BELARUS

COMUNISTAS RUSSOS CONDENAM “BARBARISMO E VANDALISMO” NA BELARUS

A oposição da Belarus demonstrou barbarismo e vandalismo ao reagir de maneira violenta aos resultados eleitorais, disse o líder do Partido Comunista da Federação Russa, Guennadin Ziuganov.

“Já vimos algo parecido na Iugoslávia, Romênia, Geórgia, Ucrânia e Quirguistão. Acredito que o povo da Belarus não dará continuidade a esse roteiro. O presidente Lukashenko contou com o apoio de 80% dos eleitores, o que significa um voto de confiança pela continuidade da sua política de modernização do país”, disse Ziuganov.

O Partido Comunista da Federação Russa enviou um grande grupo de monitores à eleição na Belarus. Sobre isso, o líder do partido informou que constataram transparência durante a votação como também na apuração. “É por isso que considero os deploráveis fatos ocorridos no dia 19 em Minsk ( a invasão da sede do governo pór manifestantes oposicionistas) um ato de desespero daqueles que querem desestabilizar o país”, disse o líder dos comunistas russos.

Ziuganov disse ainda que sob as circunstâncias em que ocorrem grandes mudanças no mundo e de aprofundamento da crise econômica e financeira, “é inadmissível o tratamento dispensado à Belarus e ao seu líder pelos canais de TV da Rússia”. E fez um chamamento: “É chegada a hora de cessas a interferência nos assuntos internos da Belarus e de dar ao seu povo a oportunidade de determinar ele próprio o seu destino”.

O líder do Partido Comunista da Federação Russa congratulou-se com o presidente reeleito da Belarus, Alexander Lukashenko, com sua equipe e a nação pelo justo caminho escolhido”.

Com agências

 

FONTE: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=144199&id_secao=9

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br