3/05/2012 12:00 am

Comunistas gregos descartam alianças eleitorais

Comunistas gregos descartam alianças eleitorais

 

A secretária geral do Partido Comunista da Grécia (KKE), Aleka Papariga, descartou nesta quinta-feira (3) em Atenas qualquer possibilidade de aliança eleitoral com a Coalizão de Esquerda Radical (Syriza).

 

Em suas declarações à emissora de rádio Skai, Aleka argumentou que a principal razão pela qual seu partido não considerasse tal acordo “benéfico para o povo” era que a proposta do Syriza não se estende para além das eleições.

 

Papariga considerou que tanto os conservadores da Nova Democracia como o Pasok tratarão de reeditar a coalizão de governo com o premiê Lukas Papadimos à frente, ainda que previu sua instabilidade.

 

A líder do KKE avaliou que qualquer que seja o executivo que surja das urnas será de curta duração, dando lugar a cisões nos partidos políticos que o formem e na criação de outros novos.

 

Em qualquer caso, o KKE manterá a oposição política, disse.

 

Perguntada sobre as greves em curso no setor privado, a dirigente comunista assinalou que não pode haver paz social “entre os trabalhadores, obrigados a viver com um salário mensal de 300 euros”.

 

Ao longo da presente campanha Aleka expressou suas diferenças com outras forças de esquerda, contrárias ao memorando de empréstimo, mas que não questionam a participação da Grécia na União Europeia (UE), como Syriza ou Esquerda Democrática.

 

Em uma recente entrevista concedida ao semanário Athens News, a responsável pelo KKE foi taxativa ao explicar que a impossibilidade para cooperar com elas não se baseava “nas diferenças fundamentais de nossos programas”, senão no fato de que “trabalhamos em direções opostas”.

 

Para o KKE, o principal impedimento para se atingir um sistema social e econômico mais justo para as classes populares não é o memorando mas a participação do país na União Europeia.

 

Fonte: Prensa Latina

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=182340&id_secao=9

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br