17/02/2011 12:00 am

COLUN TRABALHA COM INCLUSÃO SOCIAL EM ENCONTRO PEDAGÓGICO 2011

COLUN TRABALHA COM INCLUSÃO SOCIAL EM ENCONTRO PEDAGÓGICO 2011

No dia 17.02 (amanhã) será trabalhada a avaliação da prática educativa de 2010, além do calendário escolar de 2011

A orientação, bem como a sensibilização, da comunidade escolar para o desenvolvimento de ações que possibilitem reflexões acerca dos benefícios da convivência na diversidade, reduzindo as barreiras sociais no ambiente escolar, promovendo discussões sobre a dinâmica do processo de inclusão social foi assunto abordado na manhã de abertura do Encontro de Docentes e Técnicos Administrativos em Educação do Colégio Universitário (COLUN). 
Logo após a exibição do hino nacional em vídeo enfatizando a diferença e, ao mesmo tempo, riqueza dos ritmos musicais brasileiros, trouxe uma saudação especial a todos os participantes do evento, representando o magnífico Reitor Prof.Dr. Natalino Salgado Filho, a coordenadora geral de estágio da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Maria do Rosário Braga, que disse se sentir honrada por fazer parte desse momento e de “ se encontrar hoje, numa UFMA, num COLUN, espaços esses legítimos da construção de ações com o propósito de superar as dificuldades causadas pela exclusão vivida no passado”

Parabenizou toda a comunidade na pessoa da Diretoria Geral do COLUN, Profª MSC. Raimunda Rodrigues Moreno da Silva, pela realização da semana Pedagógica com uma temática tão necessária ao cotidiano escolar e que, na maioria das vezes, fica apenas teorizada nos muitos espaços da sociedade. A especialista em assuntos educacionais se colocou também à disposição para discutir o tema no âmbito do estágio para discentes da UFMA. 

A abordagem “Inclusão Social: desafios para a prática educativa” nesse primeiro dia de encontro revelou, através do discurso emocionado da diretora Raimunda da Silva, dados relevantes que acompanham o projeto político pedagógico da instituição de ensino público, como, por exemplo, os recentes resultados de compreender a aceitação da diversidade em nosso Estado, com a aprovação de 60 (sessenta) alunos do ensino médio da escola para cursar uma graduação através do ENEM, UFMA, UEMA e PROUNI. 

Fez ainda uma reflexão poética com o texto de Kristiansson, encerrando sua fala dizendo: “precisam de alguém talvez todos nós”, e assim ressaltou o trabalho pedagógico ali desenvolvido com 10 (dez) portadores de necessidades especiais. Sendo o COLUN uma escola de aplicação da Universidade Federal do Maranhão, lembrou como as competências básicas sobre o processo de inclusão social e escolar vêm sendo garantidas através de políticas mais humanas e atuantes na área, a exemplo, o núcleo de acessibilidade, o incentivo às iniciativas como o projeto além de, desenvolvidos com educandos deficientes visuais ou de baixa visão, da própria escola no intuito de trazer a existência um curso de idiomas em Braille. 

Mayk da Silva Machado, 35 anos, técnico administrativo concursado e ex-aluno do COLUN, é o transcritor Braille do projeto e fala da importância da inclusão: “sou cego, fui aluno do COLUN, sou graduado pela UFMA em pedagogia, hoje contribuo nesse projeto com atendimento especial a 06 (seis) alunos portadores de deficiência visual ou de baixa visão e, graças à tecnologia assistiva de baixo custo realizada aqui, isso foi possível. Agradeço a Deus e a todos os colegas profissionais que vêm contribuindo todos esses anos, respeitando-nos e adotando metodologias diferenciadas para que todos os alunos tenham igual oportunidade”
Seguindo a rica programação da semana, palestrou nessa manhã do DIA 16.02 a Profª MSC. Cacilda Cavalcanti do Dep. de Educação da UFMA. Ela utilizou-se das premissas da igualdade, individualidade e liberdade de Saviani e Bobio para fomentar o posterior debate sobre o respeito ao indivíduo com necessidades especiais e aos seus direitos em sociedade. Para a tarde foi programada uma mesa-redonda com diversos especialistas sobre “Práticas escolares inclusivas”. 

No dia 17.02(amanhã) será trabalhada a avaliação da prática educativa de 2010, além do calendário escolar de 2011. Dia 18.02 tem apresentações de projetos especiais do Colun, organização da aula inaugural e planejamento por disciplinas e dos dias 21 a 24.02, quando encerra o encontro pedagógico, as atividades serão bem variadas desde a apresentação da prestação de contas do ano anterior até treinamentos específicos para docentes e técnicos. 

Em se tratando do trabalho pedagógico evidenciado nesse contexto, é notória a qualidade de ensino buscada pelo Colégio Universitário, pois lembra-se o record de inscrições para o último seletivo onde 7.000 (sete) mil alunos disputam aproximadamente 350 (trezentos e cinquenta) vagas. Diante disso, o resultado do mesmo deverá ser divulgado até o final dessa semana, observa a coordenadora pedagógica, Jandira Sousa. 

Revisão de texto: Késia Andrade 

 

FONTE: http://www.ufma.br/noticias/noticias.php?cod=10121

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br