26/10/2010 12:00 am

CELEBRAÇÃO E PROTESTO CONTRA A VIOLÊNCIA EM SL

CELEBRAÇÃO E PROTESTO CONTRA A VIOLÊNCIA EM SL

Assim como em todo o país, o Dia Nacional da Juventude 2010 em São Luis foi marcado por celebração e protesto contra a violência e extermínio de jovens. O evento é realizado por movimentos e pastorais da Igreja Católica

Gildean Farias

Cerca de 500 jovens de movimentos e pastorais ligadas a Igreja Católica de São Luis reuniram-se neste domingo, 24, para celebrar o Dia Nacional da Juventude (DNJ 2010). O evento aconteceu durante todo o dia, no colégio São José Operário, no bairro da Cidade Operária.

Assim como em todo o Brasil, os jovens ludovicenses, além de celebrar, aproveitaram a data para manifestarem-se contra a violência que está cada vez mais presente no dia-a-dia da juventude em todo o território nacional.

O lema do DNJ 2010 “Juventude: muita reza, muita luta, muita festa, em marcha contra a violência”, foi elaborado para entrar em sintonia com a Campanha Nacional contra o Extermínio e Violência de Jovens, que visa exatamente levar a juventude brasileira a refletir sobre ao alto índice de violência no país, onde em grande parte, há jovens envolvidos, principalmente como vítimas.

Durante toda a manhã e parte da tarde, os cerca de 500 jovens que estiveram presentes na Cidade Operária festejaram seu dia com atrações culturais, intercaladas por momentos de reflexão e protesto em relação à problemática da violência.

Por volta das 16h, eles saíram em caminhada por algumas ruas do bairro, em uma simbólica “marcha contra a violência”. Durante a caminhada, os jovens cantaram e gritaram palavras de ordem. A marcha terminou na Igreja de São José Operário, onde o cantor maranhense Roberto Ricci fechou em grande estilo a celebração / protesto do Dia Nacional da Juventude.

Campanha Nacional contra o Extermínio e Violência de Jovens

A Campanha Nacional contra o Extermínio e Violência de Jovens foi criada na 15ª Assembléia Nacional das Pastorais da Juventude do Brasil que aconteceu em 2008, a partir da indignação dos delegados presentes frente ao crescente número de casos de violência para com os jovens em todo o país.

Esta ação possui três eixos, “formação política e trabalho de base” que visa à conscientização e sensibilização quanto aos debates sobre o sistema público de segurança, Direitos Humanos, entre outros; “ações de massa e divulgação” através da organização de uma Marcha Nacional (2011) que tem por objetivo chamar a atenção e mobilizar a sociedade no que diz respeito ao extermínio de jovens; e por fim “Monitoramento da mídia e denúncia quanto à violação dos direitos humanos” ficando as violações dos direitos humanos praticados pela mídia e então denunciando-as. 

FONTE: http://www.oimparcialonline.com.br/noticias.php?id=63082

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br