7/01/2011 12:00 am

CAROLINA: PARAÍSO ECOLÓGICO E PÓLO TURÍSTICO FICA FORA DA DIVISÃO DE R$ 23 MILHÕES PARA O TURISMO DO

CAROLINA: PARAÍSO ECOLÓGICO E PÓLO TURÍSTICO FICA FORA DA DIVISÃO DE R$ 23 MILHÕES PARA O TURISMO DO MARANHÃO

A Secretaria de Comunicação do Governo não vai responder tal descaso com Carolina

Antes de desenrolar mais uma trágica notícia para o turismo da Chapada das Mesas (clique na imagem para ampliar), fazemos um convite aos leitores. Navegue no YouTube (youtube.com) e procure por ‘ turismo em São Luís”. O leitor não irá ver muitos vídeos relacionados efetivamente com turismo na capital do Maranhão – os localizados são na maioria produzidos pelo governo do estado. Agora procure por “turismo em Barreirinhas”. O maior canal de vídeos da internet oferece apenas três páginas com alternativas para os internautas. Por fim, tente localizar apenas os termos “Carolina Maranhão”. Tente também “Riachão Maranhão”. Quanta diferença! Será que os turistas que procuram as belezas naturais da Chapada das Mesas, especialmente Carolina utilizam mais equipamentos para registrar suas viagens? Será se os turistas quem vêem à Carolina tem poder aquisitivo maior que os que procura a capital, por exemplo?

Certamente que as interrogações anteriores podem parecer simplórias. Então fazemos ainda outra sugestão de busca aos internautas. Procure no Google – o maior portal de busca do mundo – por “turismo Carolina Maranhão”, depois compare com a busca por “turismo São Luís Maranhão”. Na segunda opção o leitor verá apenas links para sites de empresas do setor, já na primeira busca poderá ler texto de revistas especializadas ou não em turismo tratando do potencial que a região oferece aos turistas e apaixonados por natureza.

Então, como um lugar desses pode ficar fora dos investimentos dos governos estadual e federal? Mas, ficou. Pelo menos é o que garante a primeira ação do ministro Pedro Novais no Ministério do Turismo – aquele que pagou a conta de uma surubaça para 15 casais no Motel Caribe, em São Luís, com recursos da Câmara dos Deputados.

No apagar das luzes do governo Lula, não se sabe com qual estratégia, o grupo do ministro conseguiu destinar R$ 23 milhões para o turismo no Maranhão. Porém, tudo ficará nos municípios onde o ministro foi bem votado para deputado federal pelo partido da governadora Roseana Sarney, o PMDB – aquele que agora briga por mais e mais cargos no Governo Federal na sua insaciável fome de poder.

Respostas locais – Nenhum centavo para Carolina! Como a assessoria de Comunicação do Estado não irá responder este questionamento, o povo de Carolina espera que o “radialista” Josivaldo Sales, DONO da Rádio Comunitária Renascer FM, que não tem nada de comunitária – nem pela programação nem pelo que estabelece a legislação sobre a potência dessa espécie de emissora, mas que faz propaganda escancarada para Roseana Sarney, Chiquinho Escórcio e companhia – , faça algum comentário a respeito justificando, por exemplo, porque seus patrões destinaram dinheiro no balde para cidades sem qualquer potencial turístico como Barra do Corda (só tem o rio Corda), que levará R$ 8 milhões, e Miranda do Norte (o que tem lá mesmo?), que espera R$ 9 milhões.

Diz aí Josivaldo…

Clique aqui para ver a relação das cidades maranhenses contempladas com a generosidade de Pedro Novais

Fonte: Congresso em Foco

 

FONTE: http://maranhaonews.com/turismo/turismo/1-turismo/1299-carolina-paraiso-ecologico-e-polo-turistico-fica-fora-da-divisao-de-r-23-milhoes-para-o-turismo-do-maranhao.html

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br