6/04/2010 12:00 am

Caravana dos povos em Pará e Maranhão prepara o I Encontro Internacional dos Atingidos pela Vale

Representantes de várias regiões do país e do mundo estão a caminho da regiao Norte do Brasil para se encontrar e gritar a injustiça do atual modelo de desenvolvimento, denunciar os impactos sócio-ambientais gerados pela Vale sobre comunidades, trabalhadores e territórios e debater alternativas ao perverso sistema de mineração em vigor.
De 06 a 11 de abril acontecerá a mobilização da Caravana dos Povos em Pará e Maranhão. Paralelamente, também em Minas Gerais uma caravana irmã articulará as comunidades afetadas pelas operações do sistema sul da Vale. Em seguida, no Rio de Janeiro, haverá a concentração desses grupos e de muitas outras testemunhas e convidados para o I Encontro Internacional dos Atingidos pela Vale, de 12 a 15 de abril.

Há anos vários movimentos populares, sindicatos e entidades ambientalistas vêm denunciando e esclarecendo à sociedade a forma truculenta de proceder da Vale, propondo alternativas à lógica do lucro a qualquer preço, e à falta de responsabilidade social da empresa. Cresce a cada dia a articulação de quem está diretamente prejudicado por ela, lutando e acreditando que outro modelo econômico e social é possível, e que é possível conjugar a produção de bens com respeito aos direitos e com justiça social e ambiental.

A Caravana Norte reunirá participantes oriundos ddo Pará, Maranhão, Minas Gerais, Ceará, Rio de Janeiro e tambéem do Chile, Peru, Moçambique e Canadá, todos trazendo histórias de conflitos com a Vale. As comunidades locais serão enriquecidas pela experiência dos visitantes. Da mesma forma, estes poderão tocar com as próprias mãos a violência do conflito sócio-ambiental em que o povo vive e também apreciar a sua resistência e criatividade.

Participe da Caravana Norte!

Nós, organizações e movimentos sociais, ambientais e sindicais das regioes norte e nordeste do País, unidos a todas as organizaçoes participantes do I Encontro Mundial dos Atingidos pela VALE (Rio de Janeiro, 12 a 15 de abril), convocamos e convidamos organizações sociais, comunidades, trabalhadores, estudantes, professores, movimentos sociais, sindicatos, organizações ambientalistas, pastorais, associações comunitárias, igrejas e todos os cidadãos/as a participarem da Caravana Internacional dos Atingidos pela VALE em Pará e Maranhão.

Programação:
06 de Abril (Terça-feira) – Barcarena (PA)
A poluição industrial e as doenças no trabalho
Lançamento da Caravana Norte e encontro com as comunidades, associações e trabalhadores da região
Horário: 9 hs
Local: Bosquinho, Vila do Conde
À tarde: visita à comunidade do Acuí (zona rural) e comunidade do Luz Divina (área urbana)

08 de Abril (Quinta-feira) – Marabá
Os conflitos pela terra, o impacto dos projetos de mineração e os conflitos trabalhistas
Encontro com as comunidades, associações e trabalhadores da região de Marabá, Parauapebas, Canaã, Ourilândia
Horário: 8.30 h.
Local: Casa de Formação Cabanagem, Marabá
À tarde: visita a ocupações urbanas e um Projeto de Assentamento rural: aprofundando o conflito pela terra.

10 de Abril (Sábado) – Açailândia
A cadeia minero-siderúrgica e seu impacto na região; a monocultura de eucalipto; o contraste lucro/pobreza
Encontro com as comunidades, associações e trabalhadores da região de Açailândia, Buriticupu, Bom Jesus, Imperatriz
Horário: 9.00 h.
Local: Câmara dos Vereadores
Visita à comunidade de Piquiá de Baixo, em conflito com as siderúrgicas
Visita à comunidade de Califórnia, em conflito com as carvoarias da Vale
Apresentação da peça teatral “Ao pó voltaremos”

11 de Abril (Domingo) – Açailândia
Encontro com as comunidades urbanas de Açailândia
Saída para o Rio de Janeiro
Aguarda-se a participaçao de membros dos Poderes Executivo, Legislativo, Judiciário e do Ministêrio Pûblico em cada uma das atividades.
Sínteses de cada uma das etapas da caravana serao imediatamente publicadas em: www.justicanostrilhos.org

Venha conhecer e dialogar com a Caravana Norte
em visita ao teu território!

Campanha Justiça nos Trilhos, Fórum Carajás, Sociedade Maranhense dos Direitos Humanos, Cáritas Regional Maranhão, Fórum Reage São Luís, Sindicato dos Trabalhadores Ferroviários de Pará-Maranhão-Tocantins, GEDMMA: Grupo de Estudos sobre Desenvolvimento, Modernidade e Meio Ambiente de São Luís-MA, CUT-Maranhão, GEPTS: Grupo de Estudo e Pesquisa em Trabalho e Sociedade, Comitê Dorothy, Sociedade Paraense dos Direitos Humanos, Comunidades quilombolas do Jambuaçu–Moju, ADRVDT-PA, Pastorais Sociais CNBB Norte-2, Secretaria Regional CNBB Nordeste-5, Diocese de Viana, Comissão Pastoral da Terra (CPT) da Diocese de Viana Rede Brasileira de Justiça Ambiental.

Para maiores informações:
Coordenação geral da Caravana: Pe. Dario Bossi – 99-8816.1788 Danilo Chammas – 99-8844.2331
Coordenação – etapa Barcarena: Walmir – 91-81380842
Coordenação – etapa Marabá: Raimundo – 94-9132.5167
Cordenação – etapa Açailândia: Antônio – 99-8131.3321
justicanostrilhos@gmail.com
www.justicanostrilhos.org
Posted by Danilo Chammas at 1:19 PM

FONTE: http://relicariominado.blogspot.com/2010/03/caravana-dos-povos-em-para-e-maranhao.html

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br