29/08/2012 12:00 am

Candidatos gastam mais na campanha para prefeito do que São Luís recebe em um mês de transferências

Candidatos gastam mais na campanha para prefeito do que São Luís recebe em um mês de transferências da União

No mês de julho, quando começou a campanha eleitoral, São Luís recebeu de transferências da União R$ 32.672.088,45. A importância, que cobre em grande parte as despesas do Município, não daria para custear as despesas dos candidatos a prefeito em dois meses de campanha.

De acordo com os dados disponibilizados no site da Secretaria do Tesouro Nacional (SNT), foram transferidos para a capital maranhense, em julho, R$ 17.616.536,08 do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), R$ 359,73 do Imposto Territorial Rural (ITR), R$ 221.809,31 do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), R$ 311.209,68 do da Contribuição de Intervenção de Domínio Econômico (Cide) e R$ 14.522.173,65 do Fundo Nacional de Educação Básica (Fundeb).

Para o mês de agosto, faltando calcular IOF e Cide, a previsão é de que o município receba R$ 24.081.176,27.

Apesar de muitos acharem esta uma grande soma, não se aproxima do que os oito candidatos declararam ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sobre suas previsões de gasto na campanha deste ano.

Segundo eles, serão R$ 34.550.000,00, ou seja, R$ 2 milhões a mais do que São Luís recebeu em julho. Claro que falta contabilizar as despesas dos candidatos a vereador e quanto está sendo gasto, indiretamente pela União, o Estado e a Prefeitura para dar visibilidade aos candidatos.

Pelas declarações à Justiça Eleitoral, estas são as previsões de gastos na campanha:

João Castelo (PSDB) – R$ 20 milhões

Washington Oliveira (PT) – R$ 8 milhões

Tadeu Palácio (PP) – R$ 2 milhões

Edivaldo Holanda Júnior (PTC) – R$ 2 milhões

Ednaldo Neves (PRTB) – R$ 1 milhão

Eliziane Gama (PPS) – R$ 500 mil

Haroldo Saboia (PSol) – R$ 500 mil

Marco Silva (PSTU) – R$ 50 mil

  • Aquiles Emir
  • Editor de Maranhão Hoje
  • aquilesemir@uol.com.br

http://www.maranhaohoje.com.br/?p=10309

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br