5/11/2010 12:00 am

CÂMARA MUNICIPAL FOI USADA PARA DISTRIBUIR MATERIAL DE PROPAGANDA DE CANDIDATA

CÂMARA MUNICIPAL FOI USADA PARA DISTRIBUIR MATERIAL DE PROPAGANDA DE CANDIDATA

Buriticupu é uma terra sem lei. Aliás, só existe uma lei: a implantada pelo prefeito Primo. Ele dita as normas e todos devem cumprí-las. Do contrário…

Nesta eleição de 3 de oiutubro rolou de tudo. Claro, a esposa de Primo, Francisca Primo foi candidata e acabou eleita deputada estadual.

Ela é do PT, aquele partido que não tem a menor cerimônia de escancarar tudo e rasgar as leis para atingir seus objetivos.

O uso da máquina foi escandaloso. Carros que trabalharam para a prefeitura andavam com plotagem da candidata.

Denúncias de compras de votos existem no balde.

Mas um abuso chamou a atenção: o uso da Câmara Municipal de Buriticupu para fazer campanhas à candidata esposa do prefeito, que é tido na cidade como o grande valentão.

Veja nas fotos o material impresso de propaganda de Francisca Primo no plenário da Camara Municipal, distribuido entre os vereadores.

Explica-se: o prefeito tem a ampla maioria dos vereaores e total controle sobre o presidente da Casa, vereador Jose Mansueto de Oliveira

Só para refrescar a memória, o vereador ja foi preso pela policia federal por ter uma camionete clonada – e por isso responde na Justica Federal por receptacao, crime contra o patrimonio, uso de documento falso, e crime ambiental. O processo é 2009.37.00.006139-5/ Justica Federal.

FONTE: http://www.tribunadomaranhao.com.br/noticia/camara-municipal-foi-usada-para-distribuir-material-de-propaganda-de-candidata-7842.html

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br