24/11/2010 12:00 am

CAI NÚMERO DE NOVAS INFECCÇÕES COM HIV, DIZ UNAIDS

CAI NÚMERO DE NOVAS INFECCÇÕES COM HIV, DIZ UNAIDS


Em 2009, 2,6 milhões de pessoas contraíram o vírus, 20% menos que há 10 anos; dados constam em novo relatório da ONU sobre a doença.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

 

 

 

Um relatório das Nações Unidas revela que o número de novos casos de contaminação com o vírus da Aids está diminuindo.

Segundo o documento, publicado nesta terça-feira pelo Programa Conjunto da ONU sobre HIV/Aids, Unaids, e a Organização Mundial da Saúde, OMS, houve uma redução de 20% nos novos casos de contaminação, se comparada com a situação de 10 anos atrás.

Muito Trabalho

Em 2009, pelo menos 2,6 milhões de pessoas se tornaram soropositivas. No ano passado, a Aids matou 1,8 milhão de pessoas, 300 mil a menos que em 2004.

O diretor-executivo do Unaids, Michel Sidibe, disse que os investimentos em prevenção e tratamento estão dando certo, mas segundo ele, ainda há muito trabalho a ser feito.

O Unaids informou que a quantidade de pessoas tratadas com antiretrovirais passou de 700 mil em 2004 para 5 milhões em 2009. Uma outra razão para a redução de casos é o uso de preservativos nas relações sexuais.

África Subsaariana

Em todo o mundo, cerca de 33,3 milhões de pessoas estão vivendo com o HIV. O índice de novas infecções diminuiu ou estabilizou-se em pelo menos 56 países. A África Subsaariana continua sendo a área mais afetada pelo vírus, com cerca de sete em cada 10 novas contaminações.

No Brasil, a prevalência entre adultos continua menor que 1%, por causa do tratamento com antiretrovirais e campanhas de prevenção.

Um estudo de 2009 mostou que homens que fazem sexo com outros homens no Brasil têm mais chance de contrair o HIV.

O índice de contaminação é de 10,5%. E o de homens que não têm relações homossexuais é de 0,8%.

Em outras nações lusófonas citadas no relatório, o número de novas contaminações caiu em mais de 25% em Moçambique e na Guiné-Bissau. Em Angola, o quadro é estável.

Os novos casos de HIV aumentaram em pelo menos 25% em países da Ásia Central e do Leste Europeu.

FONTE: http://www.unmultimedia.org/radio/portuguese/detail/188053.html

 

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br