24/03/2011 12:00 am

CAEMA: EQUIPAMENTOS CONTRIBUIRÃO PARA MINIMIZAR PERDAS DE ÁGUA

Na tentativa de reduzir o desperdício de água, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) adquiriu oito geofones, equipamentos usados para detecção de tubulações e localização de vazamentos de água, destinados às Gerências de Negócios da capital e interior. 

Os equipamentos irão contribuir para melhorar os serviços prestados pela empresa, com relação ao abastecimento de água, uma vez que eles são capazes de localizar vazamentos em tubulações subterrâneas através de escuta no solo. Com a utilização desses aparelhos será possível reduzir tanto o desperdício de água potável causado por vazamentos invisíveis (que ocorrem no subsolo), como também os prejuízos ocasionados por ligações clandestinas não faturadas pela empresa.

De acordo com o superintendente Metropolitano, engenheiro Raimundo Pinheiro, o geofone é utilizado geralmente na madrugada, quando a pressão da água se torna maior em razão da redução do consumo. “Ao detectar que o líquido está escapando, o geofone transmite ao fone de ouvido do operador um som característico, tornando possível a identificação e localização do vazamento” disse.

Outra situação onde esse aparelho pode ser utilizado é quando, supostamente, o hidrômetro registra mais do que o consumidor gasta. Nesse caso, basta o consumidor solicitar uma visita pelo telefone 0800 7010 195 e uma equipe da Companhia será enviada para verificar e certificar o consumidor de estar recebendo uma cobrança justa, ou identificar se há algum vazamento que justifique a incompatibilidade.

As Gerências de Negócios da Caema em Chapadinha, Pinheiro, Pedreiras, São João dos Patos, Santa Inês, Itapecuru, Presidente Dutra e Imperatriz irão receber o equipamento. 

Outros investimentos

Além dos geofones, a Caema adquiriu detectores de metais para o setor de Pitometria da empresa e para as gerências da capital. Esses aparelhos são capazes de detectar estruturas metálicas encobertas, como por exemplo, um tampão do poço de visita coberto por asfalto ou ainda, registros e tubulações enterrados, contribuindo para agilizar os serviços operacionais como manutenções nas redes de água e esgoto.

Outros investimentos estão previstos ainda para o primeiro semestre do ano, dentre os quais, a chegada de implementos elétricos para o Sistema Italuís e novo conjunto motor bomba para a estação elevatória de esgotos Pimenta I.

Os implementos elétricos irão reduzir o tempo de conserto do quadro de comando das bombas da estação elevatória de água bruta do Italuís, enquanto o conjunto motor bomba irá substituir a máquina antiga, utilizada na retirada de esgotos da elevatória para uma tubulação chamada emissário de gravidade.

 

fonte: http://www.ma.gov.br/agencia/noticia.php?Id=15127

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br