7/07/2011 12:00 am

BRASÍLIA (DF): CENTRAIS COMEÇAM A PRESSIONAR

Entidades reivindicam para o segundo semestre reajustes salariais com índices acima da inflação

Em manifesta que reuniu cerca de 3 mil trabalhadores, em Brasília, as centrais sindicais deram o pontapé inicial para pressionar pela concessão de reajustes salariais acima da inflação no próximo semestre. Entre as reivindicações estão também a votação pelo Congresso Nacional da redução da jornada de trabalho de 44 horas semanais para 40 sem desconto no salário e do fim do fator previdenciário, criado para desestimular as aposentadorias precoces.

“Demos início ao processo de mobilização por aumentode  salário e pela votação de projetos pelo Congresso Nacional”, disse o presidente da Força Sindical, o deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP). O ato de ontem unificou a pauta de exigências das centrais sindicais, exceto da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

O calendário de manifestações continua na próxima semana nos Estados da região Norte. Já no dia 21 está previsto protesto no Nordeste e no dia 28, no Sul do País. A agenda termina em 3 de agosto com um evento em São Paulo.

 

FONTE: http://www.fsindical.org.br/portal/conteudo.php?id_con=13917

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br