27/12/2011 12:00 am

Bolívia iniciará processo de industrialização em 2012

Bolívia iniciará processo de industrialização em 2012

 

A Bolívia deve avançar para um processo histórico de industrialização em 2012, assegurou o ministro da Presidência, Carlos Romero, em declarações divulgadas nesta terça-feira (27) pelos meios de comunicação locais.

 

“O maior desafio para o ano próximo é avançar significativamente na industrialização, porque estas oportunidades históricas não se apresentam facilmente”, disse Romero em entrevista à Rádio Pan-americana.

 

Romero destacou que 2011 foi um bom ano, ao multiplicar por sete o investimento público, marcando assim um recorde em comparação com gerenciamentos anteriores.

 

Para o ministro, o gerenciamento 2011 esteve caracterizada por importantes indicadores no setor da macroeconomia, reafirmados pela Comissão Econômica para América Latina e o Caribe (Cepal).

 

“Tivemos superávit, mantivemos um nível de crescimento de padrões internacionais que são os mais importantes da região, após Uruguai”, apontou.

 

“Se levarmos em consideração a média per capita, as reservas na região latinoamericana atingem US$ 750 bilhões, cabendo à Bolívia US$ 12 bilhões”, assinalou.

 

Em 2011 o nível de pobreza caiu, lemboru também o ministro da Presidência, ao destacar que a relação de desigualdade, que era de 1 a 170 em 2005, mudou para uma média de 1 a 70 no país.

 

Assim mesmo, Romero destacou a realização do primeiro encontro nacional para aprofundar o processo de mudança no país, sob a direção do presidente, Evo Morales.

 

O evento foi um bom exercício de aprofundamento da democracia, que se converteu em um mecanismo de consulta direta entre o Governo e a representação das organizações sociais e trabalhistas do país, considerou.

 

Fonte: Prensa Latina

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=172037&id_secao=7

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br