30/11/2011 12:00 am

Bélgica fecha acordo para formar governo após 553 dias de crise

Bélgica fecha acordo para formar governo após 553 dias de crise

DA FRANCE PRESSE, EM BRUXELAS

Após 535 dias de crise política, os seis partidos belgas que participam das negociações chegaram na noite desta quarta-feira a um acordo sobre a formação de um governo dirigido pelo socialista francófono Elio Di Rupo, segundo fontes ligadas às negociações.

“Há um acordo global sobre a reforma do Estado, socioeconômico e sobre o programa de governo”, disseram as fontes.

Elio Di Rupo deixou as negociações com um sorriso, sem fazer comentários, constatou a imprensa belga no local.

“Há um acordo sobre tudo, nos comunicaremos esta noite e haverá uma releitura amanhã”, disse a fonte sobre o documento, que tem mais de 180 páginas.

“Os acordos serão apresentados aos congressos dos partidos neste final de semana para que sejam formalmente aprovados”.

“No final de semana dividiremos os ministérios e possivelmente haverá um governo já na segunda ou terça-feira”.

ORÇAMENTO

O novo governo belga deverá obter o aval da Câmara dos Deputados durante a próxima semana, para acabar com a crise política mais longa da história do Reino, que remonta a abril de 2010.

O principal obstáculo ao acordo foi superado no sábado, com um acerto sobre o orçamento federal para os próximos três anos destinado a alcançar o equilíbrio fiscal em 2015.

As negociações haviam fracassado antes por divergências sobre os futuros cortes entre os seis partidos belgas (três flamengos e três valões) –de direita, centro e de esquerda– convocados para formar a coalizão.

Elio Di Rupo, de 60 anos, deverá se tornar o primeiro chefe de governo francófono da Bélgica em mais de três décadas, e o primeiro premiê socialista no cargo desde 1974.

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/1014713-belgica-fecha-acordo-para-formar-governo-apos-553-dias-de-crise.shtml

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br