3/02/2011 12:00 am

BANCO DO NORDESTE APLICOU R$ 1,8 BILHÃO NA ECONOMIA MARANHENSE EM 2010

BANCO DO NORDESTE APLICOU R$ 1,8 BILHÃO NA ECONOMIA MARANHENSE EM 2010

São Luís – O Banco do Nordeste do Brasil (BNB) destinou mais de R$ 1,8 bilhão à economia maranhense em 2010, com aproximadamente 257 mil operações de crédito realizadas. Divulgado pela Superintendência Estadual do BNB no Maranhão, o resultado operacional aponta expansão em segmentos estratégicos para a Instituição e para o Estado, como o de Micro e Pequenas Empresas (MPE) e microfinaças urbana e rural.

No caso das MPEs, os empréstimos e financiamentos atingiram o montante de R$ 195 milhões, cerca de 24% superior ao contratado no ano passado. De acordo com o superintendente estadual do BNB, em exercício, Francisco de Assis Santos, o Banco pretende ampliar ainda mais as operações com MPEs. “Acredito que 2011 será o ano da micro e pequena empresa para o Banco do Nordeste. Trata-se de um segmento de grande relevância para a economia nordestina, principalmente pela sua capacidade de geração de oportunidades de trabalho, comparável à agricultura familiar”, disse.

Mais crédito para empreendimentos maranhenses

Maior programa de microcrédito urbano do País, o Crediamigo do Banco do Nordeste aplicou 33% mais do que em 2009 no Maranhão, destinando R$ 248 milhões para empreendedores locais. Já no meio rural, com o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), o Banco repassou R$ 155,8 milhões aos produtores maranhenses, sendo 47,7% desses recursos através do Agroamigo, programa de microcrédito produtivo e orientado.

De um modo geral, as operações de curto prazo tiveram crescimento no Estado, sendo responsáveis pelo desembolso de R$ 882 milhões, cerca de R$ 75 milhões a mais do que no ano passado.

As operações de longo prazo contratadas no Maranhão somaram R$ 945 milhões, sendo quase a totalidade desses recursos contratadas com o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), principal funding do Banco. A área de recuperação de crédito também teve boa performance, que resultou no retorno de cerca de 92,7 milhões em operações inadimplidas.

O BNB e o Nordeste

As contratações globais do BNB bateram novo recorde, chegando a R$ 21,4 bilhões. O valor total liberado em todos os Estados onde atua, incluindo operações de mercado de capitais, é cerca de R$ 550 milhões superior ao contratado no exercício anterior.

Considerando apenas operações de crédito (longo e curto prazos), o BNB contratou R$ 20,3 bilhões, o que representa crescimento de 9,7% em relação a 2009. O crédito no âmbito do FNE superou em 17,7% o concedido em 2009 e alcançou a soma de R$ 10,7 bilhões.

 

FONTE: http://www.jornalpequeno.com.br/2011/2/3/banco-do-nordeste-aplicou-r-18-bilhao-na-economia-maranhense-em-2010-145118.htm

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br