14/10/2010 12:00 am

BA: COMUNIDADES LANÇAM CARTA ABERTA DENUNCIADO DEGRADAÇÃO CAUSADA PELO PLANTIO DE EUCALIPTO

BA: COMUNIDADES LANÇAM CARTA ABERTA DENUNCIADO DEGRADAÇÃO CAUSADA PELO PLANTIO DE EUCALIPTO

Comunidades rurais dos municípios de Cordeiros, Condeúba e Tremedal, sudoeste da Bahia realizaram no ultimo sábado, 11 de setembro a 1ª Caminhada Ecológica em Defesa da Vida e Contra o Monocultivo do Eucalipto.

O evento, promovido pela Comissão Regional de Meio Ambiente com o apoio da Comissão Pastoral da Terra – CPT, contou com a participação de cerca de 200 pessoas, entre eles os moradores de Tapioconga, Lagoa Preta, Ilha de Dentro e Bela Vista, localidades que integram o município de Tremedal; as comunidades de Lavador, Barra da Ilha, Bonito I, Bonito II, Lagoa de Cima, Santana e Pedra Preta, do município de Piripá; e ainda as comunidades de Pedra Branca, São José e Mocambo, do município de Cordeiros. Participaram também da Caminhada representantes das Paróquias de Tremedal, Piripá e Cordeiros, além de membros da Igreja Assembléia de Deus.

A caminhada, que percorreu aproximadamente 5 Km, teve três momentos de parada. O primeiro na Barragem da Tapioconga, principal fonte de abastecimento das cerca de 1000 famílias da região que sofrem há algum tempo com problemas de abastecimento em função do baixo nível da barragem. Essa situação é conseqüência dos desmatamentos nas áreas de cabeceiras que abasteciam fortes nascentes que alimentavam o Rio Tapioconga, as quais já morreram após a introdução dos plantios de eucalipto.

As outras duas paradas foram nos povoados de Ilha de Dentro. Este momento contou com depoimentos das famílias que foram expulsas da terra pelos plantios de eucaliptos. Houve também apresentação de teatro que retratou o drama vivido pelas famílias expulsas da terra; e ainda a declamação de um poema elaborado por um trabalhador.

A última parada aconteceu em Lagoa Preta, com outros depoimentos e exibição de filme que retratou a realidade das populações vítima do monocultivo de eucalipto no Extremo Sul da Bahia.

A Caminhada foi encerrada com a leitura e aprovação de uma Carta Aberta elaborada por uma comissão de representantes das comunidades. O documento denuncia as principais agressões que a região tem sofrido em função dos plantios de eucaliptos e cobram a responsabilidade do Poder Público frente a realidade vivida.

Download: Carta Aberta.doc 30 Kb

Download: O desespero da terra.doc 28 Kb

Escrito por CPT Sul/Sudoeste e socializado pela CPT/BA

EcoDebate, 14/10/2010

FONTE: http://www.ecodebate.com.br/2010/10/14/ba-comunidades-lancam-carta-aberta-denunciado-degradacao-causada-pelo-plantio-de-eucalipto/

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br