15/09/2011 12:00 am

Audiência para debater as obras de duplicação da Estrada de Ferro Carajás foi remarcada

Foi realizada nesta quarta-feira (14) na 8ª Vara da Justiça Federal, uma Audiência de Conciliação Prévia para discutir a ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal no Maranhão pedindo que a Vale e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) reelaborem o estudo ambiental das obras de duplicação da Estrada de Ferro Carajás no município de Itapecuru Mirim. A audiência foi suspensa e remarcada para a próxima quinta-feira (22) para que o Incra apresente um mapa que mostra onde já estão sendo realizadas as obras pela Vale.

Segundo as denúncias encaminhadas ao MPF pelas comunidades atingidas, as obras de duplicação da estrada de Ferro Carajás estão sendo feitas sem qualquer ação compensatória ou mitigatória por parte da Vale. Ainda, segundo às denúncias, as comunidades remanescentes de quilombos da região, Santa Rosa dos Pretos e Monge Belo, entre outras, estão sendo atingidas diretamente pela expansão da estrada.

Durante a audiência, da qual participaram, além do Juiz Federal e do Procurador da República, representantes do Incra, da Vale, do Ibama, da Fundação Palmares, da Defensoria Pública da União e das comunidades atingidas, houve exposição de argumentos dos envolvidos e uma nova audiência foi marcada para o dia 22 de setembro, às 10 horas.
(Ascom/MPF-MA)

 

FONTE: http://www.jornalpequeno.com.br/2011/9/14/audiencia-para-debater-as-obras-de-duplicacao-da-estrada-de-ferro-carajas-foi-remarcada-169881.htm

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br