23/11/2010 12:00 am

ATO NA VENEZUELA REPUDIA FÓRUM EM WASHINGTON CONTRA A ALBA

ATO NA VENEZUELA REPUDIA FÓRUM EM WASHINGTON CONTRA A ALBA

A Assembléia Nacional Venezuelana acolhe nesta terça-feira (23) ato em repúdio ao recente fórum na capital dos EUA, a partir do qual novos ataques foram lançados contra a Alternativa Bolivariana para os Povos de Nossa América (Alba).

A Câmara recebe os diferentes poderes do Estado para definir posição sobre a reunião realizada no Capitólio, em Washington, onde a ultradireita internacional acompanhada de congressistas dos EUA realizaram o fórum “Perigo nos Andes: ameaças à democracia, direitos humanos e segurança interamericana”.

Na véspera, o presidente Hugo Chávez anunciou o ato para denunciar o que classificou de uma cúpula de fascistas e terroristas.

Durante sua intervenção no Palácio de Miraflores, o presidente considerou o encontro no Congresso norte-americano como um espaço para lançar campanhas e ataques contra a Alba e, especialmente, contra a Venezuela.

Cúpula de fascistas e terroristas

“Cúpula de fascistas e terroristas, nada menos do que Washington, na sede do Parlamento, o Capitólio Federal, de onde foram lançadas abertamente as novas ameaças para perturbar a paz e a governabilidade”, declarou Hugo Chávez.

Segundo Chávez, essa reunião cria um precedente perigoso, que deve ser analisado. “Imaginem que aqui se reunissem terroristas com deputados venezuelanos e promovessem um ataque como o que Washington nos lançou, contra Evo Morales, Rafael Correa e contra mim, chamando-nos foragidos”, disse ele.

Para o líder socialista, no Capitólio praticamente houve uma convocação para derrubar a Revolução Bolivariana.

O fórum em Washington acolheu políticos e empresários latino-americanos, alguns fugitivos da justiça, como o venezuelano Guillermo Zuloaga, e também os congressistas Connie Mack e Ileana Ros-Lehtinen, de posição clara contra os países da Alba, especialmente Cuba e Venezuela. A lista dos participantes também incluiu o ex-secretário de Estado para a América Latina, Roger Noriega, que serviu sob a administração de George W. Bush.

Fonte: Prensa Latina
Tradução: Luana Bonone

 

FONTE: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=142138&id_secao=7

 

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br