27/07/2010 12:00 am

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROMOVE CONGRESSO

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROMOVE CONGRESSO

 

ENSP, publicada em 27/07/2010

Será realizado, em Foz do Iguaçu, de 31 de agosto a 3 de setembro, o 16° Congresso Internacional da Associação Brasileira de Educação a Distância (Ciaed) com o tema Conteúdo, Apoio ao Aprendiz e Certificação – Os Ingredientes Centrais para Eficácia na EAD. O objetivo do encontro é promover a troca de experiências práticas que relatem a integração dos diferentes elementos que compõem o fenômeno denominado Educação a Distância em diferentes abordagens nacionais e internacionais. As inscrições estão abertas. 

A expansão superaquecida da EAD, nos últimos anos, tem criado uma força de trabalho no Brasil de aproximadamente 30 mil integrantes. Provindos das mais variadas formações, desde medicina até música, da matemática até a metrologia, esses profissionais trazem uma grande riqueza de pontos de vista a propósito do processo ensino-aprendizagem, uma atividade humana sobre a qual quase tudo está aberto a debate e a perspectivas diferentes. 

Desde que opiniões sejam munidas de evidências comprobatórias, quanto mais diversidade de conhecimento circule entre os profissionais, melhor será a prática da EAD. Felizmente, existem muitos caminhos para se obter resultados bem-sucedidos na organização de programas de aprendizagem a distância. 

Consideramos que os três ingredientes básicos compondo programas de EAD são: conteúdo – conhecimento em si e o seu arranjo eficaz; apoio ao aluno – tanto pelos profissionais, professores e seus apoiadores quanto pela tecnologia; e certificação do conhecimento – maneira de avaliar a apropriação do saber pelo aprendiz e a outorga de um documento comprobatório. Então, seu sucesso está na integração sagaz e bem testada desses ingredientes. 

A organização de todos os elementos, os pesos, ênfases e valores atribuídos a eles, distinguem um programa de outros. Idealmente, cada programa de EAD deveria ser um pouco diferente e distintivo. Docentes e coordenadores responsáveis pela sua elaboração devem dar um toque de originalidade e criatividade que reflita suas ideias educativas. Embora possa tomar de empréstimo características de outros programas, nacionais e internacionais, o importante é que a “filosofia da instrução e aprendizagem” de cada instituição seja amplamente divulgada e constantemente reavaliada por meio de pesquisa para garantir sua atualização.

Fonte: Associação Brasileira de Educação a Distância

FONTE: http://www.ensp.fiocruz.br/portal-ensp/informe/materia/?origem=1&matid=22390

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br