16/12/2010 12:00 am

ASSESSORES DO REI DA TAILÂNDIA INQUIETOS COM CAPACIDADE DO PRÍNCIPE

ASSESSORES DO REI DA TAILÂNDIA INQUIETOS COM CAPACIDADE DO PRÍNCIPE

France Presse

LONDRES, 16 dez 2010 (AFP) -Três personalidades relevantes da política tailandesa, incluindo dois conselheiros do Rei Bhumibol, expressaram reservas sobre a capacidade do príncipe de assumir as funções, segundo um telegrama diplomático americano publicado pelo jornal britânico The Guardian.

Em um documento de janeiro de 2010 e obtido pelo site WikiLeaks, as autoridades fazem comentários bastante negativos sobre o príncipe herdeiro (Maha) Vajiralongkorn.

“Apesar de afirmarem que o príncipe herdeiro seria rei, dois deles deram a entender que o país ficaria melhor com outras soluções”, destaca o telegrama.

A monarquia e a sucessão do rei Bhumibol, 83 anos, são temas muito delicados na Tailândia, onde o crime de lesa-majestade pode ser punido com até 15 anos de prisão.

O monarca é uma figura muito venerada e representa a base da nação, apesar de não desempenhar oficialmente nenhuma função política. Ele está hospitalizado desde setembro de 2009.

O telegrama cita dois assessores do rei, o general Prem Tinsulanonda, que já foi primeiro-ministro, e Sidhi Savetsila, oficial da reserva do Exército, além de Anand Panyarachun, ex-chefe de Governo.

 

FONTE: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2010/12/assessores-do-rei-da-tailandia-inquietos-com-capacidade-do-principe.html

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br