25/05/2012 12:00 am

Argentina critica denúncias de protecionismo feitas pela UE

Argentina critica denúncias de protecionismo feitas pela UE

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

A presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, criticou indiretamente nesta sexta-feira as denúncias de protecionismo que a União Europeia apresentou ante a OMC, dizendo que seu país aplica tarifas de importação inferiores às dos países desenvolvidos.

“É como se houvesse um protecionismo legal, o de países desenvolvidos, e um protecionismo popular, que é o das economias emergentes. Pois bem, não é assim”, disse Kirchner, depois de defender a posição do país nas comemorações da formação do primeiro governo argentino, em Bariloche, no sudoeste.

Cristina disse que as barreiras às importações não devem ser interpretadas como uma ameaça para o comércio entre países nem são contraditórias com a permanência da Argentina em fóruns multilaterais, como o G-20, em que militantes americanos pedem a saída do país sul-americano.

“O problema não está nas economias de produção, o problema está em uma economia global controlada pelo financeiro, onde ainda não se pôde convencer os grandes líderes que as políticas de austeridade só trazem miséria, fome, dor e mudanças políticas imprevisíveis”.

DENÚNCIA

Mais cedo, a União Europeia denunciou a Argentina na Organização Mundial do Comércio pelas “restrições” às importações impostas pelo governo da presidente Cristina Kirchner, que provocam um “dano real” à economia europeia.

“As restrições argentinas à importação violam as normas comerciais internacionais e devem ser eliminadas. Estas medidas provocam um dano real às empresas da UE e prejudicam o emprego e toda nossa economia”, declarou o comissário europeu de Comércio, Karel de Gucht.

A denúncia da UE não envolve a recente decisão da Argentina de expropriar 51% das ações da petroleira YPF, todas elas procedentes dos 57,4% sob controle da espanhola Repsol.

Fontes europeias afirmaram que a UE está considerando todas as opções e está muito preocupada com a decisão argentina.

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/1095853-argentina-critica-denuncias-de-protecionismo-feitas-pela-ue.shtml

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br