25/04/2012 12:00 am

Aprovado aumento para professores da BA; categoria mantém greve

Aprovado aumento para professores da BA; categoria mantém greve

DANIEL CARVALHO
DE SÃO PAULO

A Assembleia Legislativa da Bahia aprovou na madrugada desta quarta-feira o projeto de lei do governo do Estado que reajusta o salário de 5.200 professores com formação em nível médio.

A categoria –que pressionava os deputados a não votar o texto– está em greve desde o dia 11 e decidiu manter a paralisação.

O projeto foi aprovado por 35 votos a 19, além de três abstenções. De acordo com o texto, o subsídio dos professores com nível médio será de R$ 1.659,70.

O governo diz que essa categoria está em extinção e afirma que esses profissionais podem subir de nível no Plano de Carreira do Professor até 31 de dezembro de 2016, com a conclusão de curso de licenciatura, sem a necessidade de prestar concurso público.

Segundo a Secretaria de Educação, 1.728 professores estão cursando licenciatura com apoio do governo. Destes, 338 são da carreira que será extinta.

O APLB (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia) diz que o projeto acaba com benefícios desses professores.

O diretor de comunicação do sindicato, Luciano Cerqueira, disse que a greve está mantida porque os docentes querem reajuste de 22,22%.

A categoria alega que o governo do Estado não cumpre um acordo firmado no ano passado.

Segundo a Assembleia Legislativa, até a assinatura do acordo tramitava no Congresso projeto de lei que estabelecia o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) como índice de reajuste do piso nacional.

No mês seguinte, o Senado alterou o indicador para o mesmo que regula o Fundeb (Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica). Com a mudança, o que seria um reajuste de 6,5% passou para 22%.

http://www1.folha.uol.com.br/saber/1081458-aprovado-aumento-para-professores-da-ba-categoria-mantem-greve.shtml

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br