24/04/2012 12:00 am

Apesar de greve setor de saúde boliviano funciona a 80%

Apesar de greve setor de saúde boliviano funciona a 80%

 

O ministro boliviano de Saúde, Juan Carlos Calvimontes, assegurou nesta terça-feira (24) que a atenção médica no país está em 80%, apesar da greve do setor contra um decreto que restabeleceu a jornada de oito horas para a assistência à população.

 

A maior ausência na atenção apresenta-se nos hospitais de terceiro nível, nos quais o funcionamento é de 40%, assinalou Calvimontes em declarações difundidas nesta terça-feira pela Agência Boliviana de Informação.

 

O ministro acrescentou que nos hospitais de primeiro nível a atenção é de 100%, enquanto nos de segundo nível atinge cerca de 90%.

 

Calvimontes reiterou a vontade de diálogo do governo para solucionar o conflito.

 

A autoridade esclareceu que os estudantes das faculdades de medicina estão fora do problema, porque o decreto 1126 e seu regulamento não afetam seu direito à residência e ao ensino médico.

 

No caso dos trabalhadores da Saúde, Calvimontes manifestou que não é possível incorporá-los à Lei Geral do Trabalho devido à falta de recursos econômicos do Estado, mas ofereceu ao setor um ponto mais no aumento salarial do ano de 2012, isto é 8%.

 

Fonte: Prensa Latina

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=181580&id_secao=7

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br