25/01/2011 12:00 am

ACTIVISTAS EGÍPCIOS MANIFESTAM-SE COM SLOGANS CONTRA MUBARAK

ACTIVISTAS EGÍPCIOS MANIFESTAM-SE COM SLOGANS CONTRA MUBARAK

Centenas de egípcios desafiaram as autoridades e protestaram contra o Governo no Cairo, num “dia de ira” de manifestação inspirada pela revolta na Tunísia que forçou a saída do ex-Presidente Ben Ali.

A jornalista Lauren Bohn relatou que já começaram confrontos na manifestação. “Acabei de ser derrubada”, disse no Twitter, reproduzido na página de updates do diário britânico “The Guardian”.

Os manifestantes conseguiram romper as barreiras policiais, conta Jack Shenker, também no “Guardian”. Mantém a atitude de desafio apesar de alguns terem já sido agredidos pela polícia, e contam slogans incitando os polícias, a maioria dos quais são muito jovens, a juntarem-se ao protesto. 

“Abaixo, abaixo, abaixo Hosni Mubarak”, cantavam os manifestantes em frente a um complexo judicial no centro da capital, rodeados por um cordão policial. O Presidente Mubarak lidera o Egipto há 29 anos. “Basta”, diziam outros. “Muadança”, pediam.

As autoridades estavam a impor segurança apertada na capital com 20 a 30 mil agentes deslocados pelo Cairo para evitar que os protestos ganhassem grande dimensão. 

“Gamal, diz ao teu pai que os egípcios o odeiam”, gritaram ainda alguns manifestantes, dirigindo-se ao filho de Mubarak que se espera que seja o candidato do partido no poder nas eleições de Setembro deste ano.

No Egipto, as críticas ao regime têm vindo sobretudo de activistas on-line, que marcaram a manifestação para um feriado em honra da polícia. As manifestações de hoje, num “dia de revolta contra a tortura, a pobreza, a corrupção e o desemprego”, serão o teste para ver se o activismo consegue passar dos chats e blogues para as ruas. 

O país viu ainda recentemente uma série de imolações semelhantes à que despertou a revolta tunisina.

Segundo as leis de emergência no vigor no país há quase 30 anos, não são permitidos ajuntamentos públicos. As autoridades disseram que tolerariam protestos limitados mas que quem infringisse a lei seria preso. 

FONTE: http://www.publico.pt/Mundo/activistas-egipcios-manifestamse-com-slogans-contra-mubarak_1477003

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br