26/07/2010 12:00 am

A AMÉRICA LATINA SÓ TEM UMA ALTERNATIVA: UNIR-SE, LUTAR E VENCER

A AMÉRICA LATINA SÓ TEM UMA ALTERNATIVA: UNIR-SE, LUTAR E VENCER

 

O presidente cubano Raúl Castro declarou nesta segunda-feira (26), que seu país apoia o direito da Venezuela de defender-se de ameaças e provocações, ao encerrar a primeira reunião de cúpula presidencial bi-nacional.

Lutamos pela paz e pela harmonia entre nossos povos irmãos e nossas gestões sempre terão este objetivo, mas em caso de qualquer problema, que ninguém tenha a menor dúvida sobre o lado de quem Cuba estará, afirmou o presidente Raúl Castro.

No discurso de encerramento do encontro, o presidente cubano advertiu que vivemos uma conjuntura internacional difícil,na qual à instabilidade política, econômica e a deterioração do meio ambiente se soma o perigo de novas aventuras bélicas em diferentes lugares do mundo.

Em nossa região – acrescentou – a instalação de bases militares dos Estados Unidos na Colômbia põe em risco a estabilidade regional e a soberania de Estados vizinhos.

Respaldamos o direito da Venezuela de defender-se de ameaças e provocações, enfatizou Raúl Castro.

A 200 anos do início de nossas guerras de independência e desde muito antes, a experiência histórica nos ensina que a “Nossa América” só tem uma alternativa: unir-se, lutar e vencer.

O presidente cubano assegurou que a primeira reunião de cúpula presidencial abre uma nova etapa nas relações rumo à União Econômica. 

Com informações da Prensa Latina

FONTE: http://www.observatorio.ufma.br/noticias/controle.php

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br