25/01/2011 12:00 am

4 MIL FECHAM AVENIDA PAULISTA CONTRA AUMENTO DA TARIFA DE ÔNIBUS

4 MIL FECHAM AVENIDA PAULISTA CONTRA AUMENTO DA TARIFA DE ÔNIBUS

Cerca de 4 mil pessoas manifestaram nesta quinta-feira (20/1), na Avenida Paulista, seu descontentamento contra a tarifa municipal de ônibus mais cara do Brasil, R$ 3,00. Convocado pelo Movimento Passe Livre, o protesto, que ocorreu no final tarde, reuniu estudantes e trabalhadores de diferentes correntes políticas.

Este foi o segundo ato chamado pelo Passe Livre a ocupar as ruas de São Paulo em 2011. Diferente do primeiro, realizado no último dia 13 na praça República (centro da Capital), quando a Polícia Militar reprimiu de forma violenta os manifestantes, o protesto transcorreu por três horas sem incidentes.

Depois de uma hora concentrados na Praça do Ciclista (próxima à rua da Consolação), às 18h, os manifestantes partiram para cruzar os 2700 metros da Avenida Paulista, por onde seguiram ocupando duas das quatro faixas.

Por volta das 19h30, no cruzamento das Avenidas Paulista com Brigadeiro, um dos pontos de maior trafego da cidade, os manifestantes permaneceram sentados no chão por volta de 15 minutos.

A manifestação teve término na Praça Oswaldo Cruz, por volta das 20h, onde mais um ato foi convocado para próxima quinta-feira (27), em frente ao Teatro Municipal, no centro de São Paulo.

Segundo os organizadores, este foi o maior ato contra o aumento das tarifas de ônibus já ocorrido na cidade de São Paulo.

Há atos programados em Salvador, Joinville e Recife – nesta última, docentes e estudantes das universidades federais também estão envolvidos na preparação das atividades.  

 

FONTE: http://portal.andes.org.br:8080/andes/print-ultimas-noticias.andes?id=4362

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br