29/11/2010 12:00 am

29/11 A 03/12/2010 – SES REALIZA CAPACITAÇÃO VOLTADA A SERVIÇOS DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA

SES REALIZA CAPACITAÇÃO VOLTADA A SERVIÇOS DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA

Com o objetivo de fortalecer as ações educativas de capacitação de profissionais de saúde e descentralizar os serviços de vigilância sanitária, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) realizará o curso “Capacitação nas áreas de alimentos, saneantes e cosméticos”, de segunda (29) a sexta-feira (3), no auditório do Instituto Laboro, no bairro do São Francisco, em São Luís.

Com a participação de técnicos da Coordenação de Vigilância Sanitária da SES que trabalham em São Luís, a capacitação visa discutir a missão dos serviços de vigilância Sanitária; instrumento de gestão; os planejamento e auditoria em VISA; fiscalização em indústrias de alimentos e água mineral, de saneantes e de cosméticos; boas práticas na fabricação de alimentos, entre outros temas. A SES realiza o treinamento por meio da Superintendência de Vigilância Sanitária (Suvisa). 

O superintendente de Vigilância Sanitária, Arnaldo Muniz Garcia, alerta que na hora de comprar alimentos, o consumidor precisa estar atento a vários aspectos, como a data de validade e conservação das embalagens. “São cuidados que garantem a qualidade dos alimentos que chegam à casa de cada cidadão”, enfatizou.

Os técnicos da SES alertam que, especificamente na área de alimentos, os produtos estragados, contaminados, vencidos ou armazenados em condições de higiene precárias podem trazer problemas à saúde, que vão de pequenas intoxicações até doenças graves. Daí a importância da população colaborar fiscalizando e a iniciativa da SES de aprimorar o serviço da vigilância Sanitária.

Nos últimos anos a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e os órgãos de vigilância sanitária estaduais intensificaram ações para cobrar rigor na qualidade por parte de quem produz e comercializa esses produtos.

Saneantes são substâncias ou preparações destinadas à limpeza, desinfecção, desinfestação e conservação de ambientes. São classificados em produtos de risco I (produtos para limpeza geral e afins) e produtos de risco II (produtos fortemente ácidos e fortemente alcalinos).

FONTE: http://www.ma.gov.br/agencia/noticia.php?Id=13001

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br