10/12/2010 12:00 am

09 E 10/12/2010 – COMEÇA, HOJE, SEMINÁRIO PARA ENFRENTAMENTO A VIOLÊNCIA

COMEÇA, HOJE, SEMINÁRIO PARA ENFRENTAMENTO A VIOLÊNCIA

Representantes de entidades e órgãos envolvidos com políticas para mulheres vão estar reunidos, hoje (9) e amanhã (10), na capital, durante o I Seminário Tecendo a Rede Amiga da Mulher para o Enfrentamento a Violência de Gênero, na Escola de Governo e Gestão Municipal, que fica na rua das Andirobas, nº 26, Renascença (antigo prédio da Faculdade São Luís). O encontro foi sugerido pela Coordenadoria Municipal da Mulher da Prefeitura de São Luís por meio de uma ação articulada com os próprios integrantes da Rede.

O projeto de consultoria possibilitou a realização de seis oficinas ministradas pela professora doutora Lourdes de Maria Leitão Nunes Rocha (UFMA). Foram traçados como objetivos: o aprofundamento da reflexão sobre violência de gênero e sua relação com as desigualdades sociais; o desenvolvimento de uma análise avaliativa dos serviços oferecidos em São Luís; e a formulação de propostas para o aperfeiçoamento dos trabalhos desenvolvidos na cidade. A Rede Amiga da Mulher foi criada oficialmente em São Luís no dia 19 de março de 2003, reunindo 14 entidades, sendo nove organizações governamentais e cinco organizações não governamentais.

Atualmente, está composta por 26 entidades. “Ao final desse projeto de consultoria nós queremos ter uma agenda comum da Rede Amiga da Mulher para o ano que vem. Percebemos que há uma necessidade de tornar a Rede conhecida não só entre os membros dela, mas entre todos aqueles que trabalham diretamente ou indiretamente a favor das mulheres de São Luís”, declarou a consultora do projeto.

Durante o evento a coordenadora Municipal da Mulher, Sandra Torres, vai reforçar também a importância do cumprimento do II Plano Municipal de Políticas para Mulheres, aprovado pelo prefeito João Castelo em junho deste ano. O documento foi revisado e ampliado por 28 representantes de secretarias municipais e do Conselho da Condição Feminina. O eixo sobre violência contra a mulher destaca quatro objetivos, entre eles: a garantia de atendimento integral, humanizado e de qualidade às mulheres em situação de violência e a redução dos índices registrados até agora. O Centro de Referência para Atendimento às Mulheres em Situação de Violência atendeu desde 2008 mais de 1.200 casos, principalmente entre mulheres de 18 a 26 anos de idade. As usuárias do serviço vinculado a Prefeitura recebem orientações psicológicas, jurídicas e de assistência social. O trabalho é feito por uma equipe multidisciplinar, de segunda a sexta, sempre das 8h às 18h.

Veja a programação completa do seminário:

9/12/10 (quinta-feira)

16h – Mesa de abertura do evento

16h15 – Oficina sobre violência de gênero

10/12/10 (sexta-feira)

8h – Técnica de sensibilização

8h30 – Apresentação do relatório

9h30 – Atividade em grupo das instituições presentes

10h30 – Intervalo

10h45 – Apresentação das instituições

14h – Dinâmica de Integração

14h20 – Mesa-redonda: O pacto nacional pelo enfrentamento à violência contra as mulheres e suas repercussões para a Rede Amiga da Mulher

15h50 – Trabalhos de Grupos para construir agenda que consolide os objetivos da Rede

16h30 – Apresentações dos grupos

17h45 – Avaliação e encerramento do Seminário

Fonte: Imirante.com

 

FONTE: http://www.portaldomaranhao.com.br/2007/?pg=ler&id=22478

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br